Voltar

Em quais situações é necessário ter uma mini usina geradora de energia

Categoria: Dicas, Energia Elétrica, Gerador de Energia, Manutenção e Utilização

Na maior parte do país, ter energia elétrica em casa ou no local de trabalho é algo natural. Ninguém fica pensando qual o caminho a energia percorre antes de chegar ao interruptor ou nas tomadas que são responsáveis por fazer funcionar os equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos.

Essa energia chega pelas concessionárias, mas, muitas regiões do Brasil ainda não contam com redes de distribuição e, diante de qualquer demanda, uma grande operação é necessária.

Um exemplo é quando uma nova indústria vai se instalar em uma pequena cidade no país. A energia consumida pelos moradores, comércio e prédios públicos, já estão garantidos pela concessionária.

No entanto, diante de uma nova demanda por energia, a concessionária precisa se preparar para realizar esse atendimento. Em alguns casos, a energia que será consumida por uma nova fábrica, é superior ao de toda a cidade.

Em casos como este, já no processo de implantação da fábrica, é necessário contar com energia extra e temporária. Assim, uma mini usina é montada com geradores de energia temporária, que ficarão responsáveis pelo fornecimento extra de energia.

Enquanto isso, a concessionária trabalha na ampliação de sua rede para dar conta das demandas do novo cliente.

Outro exemplo da necessidade de montagem de uma mini usina geradora é quando um determinado cliente passa a demandar uma maior quantidade de energia. Isso pode ser motivado pela ampliação das instalações, operação de um novo equipamento ou mesmo pela abertura de um novo turno de trabalho.

Por sua vez, o fornecedor de energia temporária tem a expertise para desenvolver um projeto, sob medida, para atender à necessidade do cliente. Isso contempla a quantidade exata de energia e potência dos geradores, tempo de operação, entre outros.